A flor no caminho

Uma flor no asfalto

Uma flor na brita

Uma flor desfacelada no fogo

E transformada em cinza

(…)

No caminho não há apenas

pedras e flores mortas

Há uma flor que persiste,

que sobrevive no concreto

e em meio à brutalidade

(…)

Há uma flor que resiste, espalhando

beleza e perfume no cenário cinza

Fagulhas de esperança

Labaredas de amor

No corpo, na mente, n’alma

(…)

Água que alimenta a flor

Água que apaga o fogo

O momento é de água e fogo

Precisamos respirar para prosseguir

(…)

Esperança e fatalismo

Idealismo e circunstância

Louvores e sanções

Sonho e apocalipse

Uma opinião sobre “A flor no caminho”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>