Estreia o espetáculo Memória na ponta dos dedos

Altere o tamanho da fonte:

Feita por atores surdos, a peça é gratuita e tem apresentações quinta e sexta na Capital

Através do teatro, utilizando a poesia e jogos de improviso, seis atores surdos contam suas histórias de vida no espetáculo Memória na ponta dos dedos, que tem apresentações dia 22 de novembro (quinta), às 15h, e dia 23 (sexta), às 20h, no Teatro Bruno Kiefer, 6° andar da Casa de Cultura Mario Quintana (Andradas, 736). Com entrada franca, a peça é uma realização do Grupo de Pesquisa Teatral Signatores, formado por pesquisadores ligados a Universidade Federal do Rio Grande do Sul que buscam investigar o teatro e a educação com pessoas surdas.

A montagem foi construída dentro da Oficina de Teatro para surdos, atividade gratuita oferecida de março a novembro, duas vezes por semana, às 19h, na Casa de Cultura Mario Quintana. Por meio de entrevistas realizadas com os atores, o grupo criou um espetáculo dividido em três eixos: infância, primeiro contato com a Língua Brasileira de Sinais (Libras) e desejos para o futuro. Em cada um desses momentos, são abordadas questões marcantes na vida dos surdos, como idas ao médico, incompreensão de familiares e amigos, escolha entre escola inclusiva ou escola para surdos, uso de aparelho de surdez, a construção de uma identidade dentro de um grupo, entre outras temáticas.

A maquiagem, os figurinos e os cenários são simples e neutros, para que a atenção do espectador recaia sobre as histórias interpretadas pelos atores nos cerca de 30 minutos de espetáculo. Voltada para adultos e adolescentes, surdos e ouvintes, a atração é encenada em Libras e terá o apoio de um narrador-personagem, que acompanhará os ouvintes pela narrativa. Riso, drama, sátira e crítica são alguns dos elementos que se compõem a peça Memória na ponta dos dedos, um convite para compreender o mundo a partir da percepção daqueles que escutam com o olhar e expressam suas identidades através do corpo e da alma.

Sobre o grupo Signatores
Criado em 2010, o Grupo Signatores é formado por Sergio Andres Lulkin (Doutor em Educação pelo PPFEdu/UFRGS), Augusto Schallenberger (Mestre em Educação pelo PPGEdu/UFRGS), Adriana de Moura Sommacal (Mestranda em Artes Cênicas pelo PPGAC/UFRGS), Marcia Berselli (Bacharel em Teatro -IA/UFRGS) e Celina Xavier Neta (Bacharel em Letras- Libras – UFRGS). O nome Signatores vem da junção das palavras “signo” e “atores”, sendo também um trocadilho com a palavra signare (do latim), que significa “aquele que assina”.
A equipe pesquisa os processos de construção da linguagem teatral própria da cultura surda através do projeto de extensão da Ufrgs Gestos que falam: diálogos entre teatro e educação. O grupo já foi premiado no Concurso Décio Freitas da Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre (2010), foi um dos selecionados pelo Programa Sulgás de Patrocínio Cultural e Esportivo (2011) e, em 2012, ganhou, em duas categorias, o Prêmio Agente Jovem de Cultura: Diálogos e Ações Culturais, do Ministério da Cultura.
Além da publicação de artigos científicos e participação em congressos nacionais, o Signatores oferece à comunidade aulas práticas na Oficina de Teatro para surdos. O projeto desenvolve um trabalho de experimentação em que os surdos são os principais autores da produção artística, num processo de constante diálogo e troca. A primeira peça, a fábula infantil Aventura no reino surdo, foi apresentada em 2011, na Casa de Cultura Mario Quintana.
Link para fotos e folder de divulgação: http://bit.ly/T5G2P5

Serviço
Memória na ponta dos dedos
22 de novembro, às 15h
23 de novembro, às 20h
Local: Teatro Bruno Kiefer – Casa de Cultura Mario Quintana (Andradas, 736)
Entrada franca

Ficha técnica
Elenco: Audrei L. Gonçalves, Brenda Artigas, Eduardo Jacques, Luciano da Silva Abreu, Rosiglei Vieira Pinto e Umberto Vinicius T. da Rosa.
Orientação: Sergio Lulkin
Coordenação: Adriana Sommacal
Pesquisadores: Adriana Sommacal, Augusto Schallenberger e Marcia Berselli
Intérprete de Libras: Celina Nair Xavier Neta
Assistente de produção: Tatiane Garrido
Figurino: Létz Pinheiro e Luise Brolese
Iluminação: Carol Zimmer
Narração: Alexandre Borin Antunes
Financiamento: Lei de incentivo a cultura – Ministério da Cultura – Governo Federal
Apoio: SulGás, Casa de Cultura Mario Quintana e Secretaria do Estado
Realização: Grupo Signatores

Mais informações:
Facebook: www.facebook.com/Signatores
Youtube: www.youtube.com/user/signatores
E-mail: contato@signatores.com.brv
Vídeo-convite do espetáculo: http://www.youtube.com/watch?v=bUOyZpl_-Bs

Sem comentários

Deixe uma resposta

Seu email nunca é divulgado.Campos obrigatórios são marcados *