Devanesia

Altere o tamanho da fonte:

A desrretina devanlumbra paraisontes escondiscretos

O azulerde do céumar me translegra

Lembrançamentos acelerentam a respicoração

Especterança de felicisonhos realicretos

Tudo perdicabado

As palavriedades se conduelam

Todoninguem se compreentende

A frusteza me invadomina

Um comentário

  • genialsandice superapassa do normesperado, doida de pedraé poco.
    Hahahaha
    Ta se especializando nissom, qualquer dia dá até pra çançar um livrinho de haicais.
    mas enquanto a inspiraleza continuar otimo, pois seremos brindados com essas arteficiencias coridibelas.

Deixe uma resposta

Seu email nunca é divulgado.Campos obrigatórios são marcados *