Festival de Cinema Acessível inicia com “O Homem que Copiava” no próximo dia 8

Altere o tamanho da fonte:

O Festival de Cinema Acessível vai movimentar a cena cultural do Estado com títulos do cinema brasileiro. Este será o primeiro festival de cinema do país em que pessoas com e sem deficiência poderão assistir, na mesma sessão, a clássicos do cinema nacional. Haverá audiodescrição, legendas e língua de sinais de forma simultânea nas sessões. A estreia acontece dia 8 de maio (sexta-feira) com “O Homem que Copiava”, de Jorge Furtado.

Na sequência serão exibidos os longas-metragens “Saneamento Básico, O Filme” (22 de maio), “O Tempo e o Vento” (5 de junho) e “Dois Filhos de Francisco” (19 de junho). Todos os títulos contam com recursos de acessibilidade para pessoas cegas, com baixa visão, surdas e com deficiência auditiva. As exibições acontecem na Cinemateca Paulo Amorim da Casa de Cultura Mario Quintana, em Porto Alegre, sempre nas sextas-feiras às 19h30.

O Festival de Cinema Acessível é uma realização do Estúdio Som da Luz através da Lei Rouanet, com patrocínio do Banco do Estado do Rio Grande do Sul e Banrisul Consórcio e apoio da Cinemateca Paulo Amorim, Casa de Cultura Mario Quintana, TVE e FM Cultura. A curadoria é de Gilnei Silveira e Zé Geraldo. A entrada é franca, mas é necessário reservar o ingressos através do email festivalcinemaacessivel@gmail.com.

SERVIÇO:

O quê: Festival de Cinema Acessível

Datas: 8 de maio (O Homem que copiava); 22 de maio (Saneamento Básico, O Filme); 5 de junho (O Tempo e o Vento) e 19 de junho (Dois filhos de Francisco) – sempre nas sextas-feiras

Horário: 19h30

Onde: Cinemateca Paulo Amorim da Casa de Cultura Mario Quintana (Rua dos Andradas, 736 – Centro – Porto Alegre/RS)

Facebook: Festival de Cinema Acessível

Ingresso: entrada franca com recerva prévia pelo email festivalcinemaacessivel@gmail.com

Sem comentários

Deixe uma resposta

Seu email nunca é divulgado.Campos obrigatórios são marcados *