Plateia receberá vendas para assistir a filme do Festival de Cinema Acessível

Altere o tamanho da fonte:

No dia 19 de junho será a vez de “Dois Filhos de Francisco” dentro da programação do Festival de Cinema Acessível. Na ocasião serão distribuídas vendas para quem quiser experimentar a sensação de assistir um filme sem o recurso visual. “A intenção é provocar as pessoas para que se coloquem no lugar do outro e percebam a importância dos recursos de acessibilidade”, explica Sidnei Schames, idealizador do evento e sócio do Estúdio O Som da Luz. Para o consultor em audiodescrição Felipe Mianes, que tem deficiência visual: “Queremos mostrar a todos que é, sim, possível assistir um filme sem enxergar. O importante é termos nosso direito de acesso respeitado”, comenta ele.

O Festival de Cinema Acessível tem proporcionado, desde maio deste ano, o acesso a clássicos do cinema brasileiro a pessoas cegas, com baixa visão, surdas, com deficiência auditiva e sem nenhuma deficiência. Os filmes são exibidos, pela primeira vez no país, com legendas, libras e audiodescrição de forma simultânea e aberta para que todos tenham acesso.

Os títulos “O Homem que Copiava”, “Saneamento Básico” e “O Tempo e o Vento” lotaram as primeiras sessões do Festival. Na sequência estão previstos “Dois Filhos de Francisco” (19 de junho) e “Tropa de Elite” (5 de julho). Outros cinco títulos dependem de patrocínio para entrarem na programação.

O Festival de Cinema Acessível é uma realização do Estúdio O Som da Luz através da Lei Rouanet, com patrocínio do Banco do Estado do Rio Grande do Sul, Banrisul Consórcio e Agrofel – Grãos e Insumos e apoio da Cinemateca Paulo Amorim, Casa de Cultura Mario Quintana, IECINE, TVE e FM Cultura. A curadoria é de Gilnei Silveira e Zé Geraldo.

“Dois Filhos de Francisco” será exibido no dia 19 de junho (sexta-feira) na Cinemateca Paulo Amorim da Casa de Cultura Mario Quintana (Rua dos Andradas, 736), às 19h30. A entrada é franca, com reserva prévia de ingressos através do email festivalcinemaacessivel@gmail.com.

No link a seguir você confere, na prática, como é um filme com audiodescrição, legendas e Libras de forma simultânea. Clique e confira trecho do filme O Homem que Copiava: https://www.youtube.com/watch?v=sjhlLA1krFo&feature=youtu.be

SERVIÇO:

O quê: “Dois Filhos de Francisco” na programação do Festival de Cinema Acessível

Datas: 19 de junho (Dois Filhos de Francisco) e 5 de julho (Tropa de Elite)

Horário: 19h30 (sexta-feira)

Onde: Cinemateca Paulo Amorim da Casa de Cultura Mario Quintana (Rua dos Andradas, 736 – Centro – Porto Alegre/RS)

Facebook: Festival de Cinema Acessível

Ingresso: entrada franca com recerva prévia pelo email festivalcinemaacessivel@gmail.com

Sem comentários

Deixe uma resposta

Seu email nunca é divulgado.Campos obrigatórios são marcados *